Bird aprova US$ 100 milhões para micronegócios na China

Setor é esquecido pelos bancos nacionais na concessão de créditos

Agencia Estado

21 de junho de 2007 | 12h48

O Banco Mundial (Bird) aprovou um crédito de US$ 100 milhões para apoiar pequenos negócios e o desenvolvimento econômico sustentável na China, informou um comunicado da entidade nesta quarta-feira, 20.A China tenta aumentar a eficácia de seu crescimento econômico e diversificar seus recursos, criando empregos e respeitando o meio ambiente.Uma potencial fonte de crescimento é apoiar as pequenas e médias empresas e os micronegócios, em sua maioria privados. Apesar de sua contribuição para a economia chinesa, eles são um setor esquecido na concessão de créditos dos bancos nacionais.O Projeto de Financiamento de Micro e Pequenas Empresas espera também apoiar o Banco Chinês de Desenvolvimento (CDB, estatal) na concessão de créditos e dar ajuda técnica às empresas financeiras para que apresentem serviços no varejo.

Mais conteúdo sobre:
ChinamicronegócioBird

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.