Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bird e Unibanco abrirão empresa de microcrédito

O presidente do Banco Mundial (Bird), James Wolfensohn, assinou contrato com o presidente do Conselho do Unibanco para a abertura de uma empresa de microcrédito no Brasil a partir do primeiro trimestre de 2003. Pelo acordo entre os dois bancos serão destinados até US$ 1,25 milhão para esta linha de financiamento. O Banco Mundial será sócio da Microinvest, com 25% do capital, enquanto o restante ficará com a Fininvest, financeira que tem 100% do seu controle administrado pelo Unibanco.As operações de crédito da nova empresa serão restritas ao Rio de Janeiro, "num primeiro momento", afirmou o presidente do Conselho do Unibanco, mas devem se estender no próximo ano para Recife, São Paulo e Porto Alegre. A criação da empresa foi possibilitada pela resolução de número 2874 do Banco Central, que regulamentou a atuação de instituições financeiras na concessão de microcrédito. Antes desta resolução, apenas Organizações Não Governamentais (ONGs), cooperativas de crédito e instituições do governo ofereciam esse tipo de financiamento.Segundo o diretor da Fininvest, Carlos Ximenes de Melo, que deverá assumir a direção da Microinvest, os empréstimos nesta linha têm valor médio de R$ 700. A taxa mensal de juros cobrada para esta linha deverá ficar em torno de 3,5% a 4%. Os riscos de cada projeto serão avaliados individualmente, explicou Ximenes. Ele acredita que a inadimplência nestas linhas deve ser a mesma obtida nas demais linhas de financiamento da Fininvest, hoje em torno de 2,5% do total financiado. O presidente do Banco Mundial ressaltou a importância deste tipo de linha de crédito para "proporcionar mecanismos sustentáveis de financiamento para pequenas e micro empresas, aumentando as possibilidades de crescimento de renda da população carente".

Agencia Estado,

20 de novembro de 2002 | 18h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.