Bird teme reversão do fuxo de investimentos

O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2011 | 06h05

As crises da dívida na Europa e nos Estados Unidos estão elevando o risco de que venha a ocorrer uma reversão no fluxo de investimentos nos países emergentes, muitos dos quais serviram de propulsores para a recuperação econômica global no ano passado, declarou ontem o presidente do Banco Mundial (Bird), Robert Zoellick (foto). Ele também manifestou a expectativa de que, durante reuniões previstas em Washington esta semana, representantes dos países ricos adotem ações mais cooperativas entre si.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.