OSCAR DEL POZO / AFP
OSCAR DEL POZO / AFP

Black Friday 2020: data também é vista como oportunidade de entrar no ensino superior, aponta Google

Levantamento mostra que 24% dos interessados em comprar durante o evento de descontos estão em busca de oportunidades em universidades

Luciana Lino, especial para o Estado

24 de novembro de 2020 | 16h12
Atualizado 26 de novembro de 2020 | 13h55

De acordo com um estudo realizado pelo Google entre agosto e setembro, 24% de 600 entrevistados que pretendem comprar na Black Friday querem aproveitar a data para procurar por oportunidades e ofertas nas universidades privadas. 

Segundo o Head de Negócios para Educação do Google Brasil, Guilherme dos Anjos, instituições de ensino que apostaram na Black Friday de 2019 “colheram expressivos resultados” de matrículas e a tendência promete se fortalecer em ano de pandemia. “Em um ciclo tão diferente e sem previsibilidade de como a demanda vai se comportar, torna-se fundamental apresentar o ensino superior como opção para compra no período em que as pessoas estão com maior interesse em bons negócios”, afirma Dos Anjos. 

Para Entender

Black Friday 2020: tudo o que você precisa saber

Maior campanha de vendas promocionais no comércio eletrônico e varejo físico do Brasil será no dia 27 de novembro

Segundo o levantamento, alguns motivos - além da procura por bons negócios - ajudam a explicar a relevância do setor de ensino superior na Black Friday 2020. Um deles é o adiamento das provas do Enem para janeiro de 2021, cujos resultados serão divulgados apenas no fim de março, o que altera a previsibilidade tradicional de matrículas. 

Outro fator que sugere o aumento na procura por descontos em universidades durante a Black Friday é o sonho de cursar uma faculdade no próximo ano, um plano que foi adiado por muitos durante a pandemia. “Descontos são artifícios comuns na dinâmica do setor de educação pois o volume de matrículas é bastante sensível ao preço ofertado. Aproveitar a data para criar condições com que mais pessoas possam estudar não vai afetar negativamente a imagem da marca, muito pelo contrário”, explica Dos Anjos. 

Veja algumas das ações divulgadas em diferentes universidades de São Paulo.

Anhanguera

Entre os dias 26 de novembro e 30 de dezembro, a Anhanguera oferece descontos de até 50% em graduações presenciais para os alunos que passarem no vestibular. A oferta é válida até o fim do curso.  

No mesmo período, quem optar por cursar a modalidade semipresencial pagará a mensalidade no valor de R$ 199 durante todo o curso. 

As ofertas não são válidas para os cursos de Medicina, Medicina Veterinária e Odontologia em todas as unidades e para os cursos de Ciências Contábeis e Administração da Faculdade Anhanguera Osasco.

Anhembi Morumbi

Até o dia 30 de novembro, a faculdade permanece com a campanha Top Friday, em que oferece descontos de até 60% durante todo o curso para inscrições no processo seletivo. A oferta não é válida para todos os cursos e modalidades, sendo necessário consultar no ato da inscrição.

FMU

A campanha Best Friday FMU oferece bolsas de até 70% no primeiro semestre e bolsas de até 50% no restante do curso para inscrições até 30 de novembro. É necessário consultar informações como modalidade, turno e campus. 

Unopar

De 26 de novembro a 30 de dezembro, a faculdade oferece até 50% nos cursos de graduação presencial para quem ingressar no vestibular e mensalidades no valor de R$ 199 na modalidade semi presencial. Os descontos serão aplicados até o final do curso.

Centro Universitário Internacional Uninter

Até dia 30, todos os cursos - nas modalidades presencial, semipresencial ou EAD - estão com descontos de até 70% nas primeiras parcelas. Dependendo da gradução escolhida, o período de desconto varia entre as primeiras 9 e 12 parcelas. Além da matrícula gratuita, o aluno ganha um curso de inglês.   

Estácio

A Estácio oferece 50% de desconto durante todo o curso até o dia 30 de novembro. A ação contempla diversos cursos de graduação - como Biomedicina, Fisioterapia e Nutrição - e de pós-graduação disponíveis nas modalidades de ensino a distância e presencial. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.