Blair adverte Bush sobre barreiras no aço

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, alertou o presidente George W. Bush que a imposição de barreiras tarifárias para as importações de aço além de prejudicar as empresas européias, também afetará negativamente os consumidores norte-americanos. Segundo um porta-voz de Blair, os dois conversaram por telefone sobre o assunto na semana passada."Nós reconhecemos que a indústria do aço tem que ser reestruturada nos Estados Unidos", disse o porta-voz. "Mas esse processo doloroso já ocorreu aqui na Grã-Bretanha e não acreditamos que deve ocorrer através da imposição de barreiras."Blair disse a Bush que a imposição de tarifas terá efeitos negativos para a economia mundial. "As tarifas não vão apenas contra os interesses de nosso país ou de outras nações européias mas também contra os consumidores norte-americanos, pois eles terão que pagar preços mais altos", acrescentou o porta-voz.O governo britânico já deixou claro que vai apoiar qualquer medida a ser adotada pela União Européia para defender a sua indústria do aço contra as restrições às importações nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.