Blair quer Brasil e mais quatro no G8, diz jornal

O premiê da Grã-Bretanha, Tony Blair, deve pedir a inclusão do Brasil e outros quatro países no G8 durante o encontro do grupo, neste final de semana, na Rússia, de acordo com um artigo publicado nesta quinta-feira no jornal britânico The Guardian. "Blair está propondo que Brasil, China, Índia, África do Sul e México se tornem integrantes de um G13 e acredita que os primeiros frutos de um relacionamento mais próximo pode ser um avanço nas discussões emperradas sobre comércio global já na segunda-feira", diz o jornal. O primeiro-ministro britânico também quer acelerar o planejamento do sucessor do tratado de Kyoto, "um processo que ele acredita que seria muito fortalecido com a inclusão de China, Brasil, Índia, África do Sul e México"."Não existe chance de conseguirmos um acordo para mudanças climáticas a menos que concordemos em algo envolvendo os Estados Unidos, China e Índia", disse Blair ao Guardian.MultilateralismoBlair acreditaria ser mais fácil encontrar soluções em grupos menores do que os atuais 120 signatários de Kyoto, diz o jornal.O primeiro-ministro também esperaria que sua proposta diminua as críticas sobre a realização do encontro na Rússia, por causa da situação dos direitos humanos no país."Ele sabe que a Rússia é igualmente importante para a manutenção de uma frente unida contra os planos do Irã de conseguir uma bomba nuclear."Mesmo assim, o Guardian afirma que Blair declarou que os valores britânicos sobre democracia e direitos humanos seriam colocados com firmeza, "mas sem destruir o quarto de hotel"."Durante o encontro, Blair vai argumentar que a única saída para os problemas estruturais do mundo passa pelo fortalecimento de instituições multilaterais, a disposição de encarar desafios como a manutenção da paz e o combate à pobreza", diz o jornal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.