Blecaute deixa Fiesp "perplexa"

O blecaute ocorrido na tarde desta segunda-feira nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do País, causou "perplexidade" aos industriais da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).Segundo Luiz Gonzaga Bertelli, diretor-adjunto do Departamento de Infra-estrutura da federação, há excessiva dependência do sistema de transmissão de energia da usina hidrelétrica de Itaipu."Não temos alternativas", disse ele. "Toda vez que ocorrem problemas no sistema de transmissão entre as regiões Sul e Sudeste, o parque industrial do Sudeste pára."Segundo Bertelli, a Fiesp está fazendo um levantamento dos prejuízos provocados pelo apagão e vai encaminhar suas "reclamações" ao Ministério das Minas e Energia.Para o diretor da Fiesp, o blecaute é uma amostra clara "de que não basta ter água para elevar o nível dos reservatórios das usinas; é preciso ter um plano de implantação das usinas termelétricas no País". Bertelli cobrou do governo federal, além de um cronograma para a instalação das térmicas, um planejamento estratégico para o setor elétrico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.