Blitz fecha shopping no centro de SP

Milhares de produtos piratas foram apreendidos em 200 estandes

Camilla Haddad, O Estadao de S.Paulo

03 de outubro de 2007 | 00h00

Mais de 75 mil produtos pirateados, entre eles bolsas de grifes famosas como Louis Vuitton, tênis da Nike e outros artigos de marcas estrangeiras foram recolhidos ontem em 200 estandes abertos dentro do Shopping 25 de Março, no centro da Capital. O estabelecimento funciona com cerca de mil lojas.O shopping ficou fechado durante todo o dia. Segundo o BPG Grupo de Proteção à Marca, que organizou a ação, as mercadorias são falsificadas e sua venda prejudica os verdadeiros fabricantes. A apreensão foi determinada pela 11ª Vara Cível do Fórum Central e contou com o apoio de 120 policiais militares e 6 oficiais de Justiça.A interdição do shopping aconteceu depois de um levantamento feito pelo grupo apontar que 200 lojas do local estavam vendendo produtos com marcas falsificadas. Bolsas que costumam ser vendidas por R$ 2 mil estavam sendo comercializadas por até R$ 60; tênis de R$ 700, por menos de R$ 100.Segundo o advogado do grupo, Newton Vieira Júnior, desde às 6 horas de ontem, 70 das 150 lojas do shopping tinham sido vistoriadas. Um total de quatro caminhões saíram lotados com produtos que seguiram para os fabricantes originais dos produtos e devem ser destruídos após uma decisão da Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.