Bloqueios agravam falta de combustíveis na Argentina

Os bloqueios nas rodovias argentinas por parte dos transportadores de cereais desde a última terça-feira aprofundaram a falta de combustíveis no interior do país. Ontem não havia combustíveis nem mesmo nos postos de serviços das próprias companhias petrolíferas. Cerca de 80% dos postos passaram o fim de semana fechados ou sem abastecimento, segundo o presidente da Federação de Empresários de Combustíveis da Província de Buenos Aires (Fedecoba), Luis Malchiodi.Na capital da província de Entre Ríos, todo o serviço de transporte público está paralisado desde sábado por causa da falta de óleo diesel. Segundo Malchiodi, somente 10% dos postos de serviços de San Luis vendiam combustíveis, enquanto em Córdoba 50% das estações ficaram sem abastecimento.À noite, após a decisão dos produtores rurais de suspender o locaute, vários transportadores de grãos carregaram seus caminhões com os cereais destinados à comercialização externa. Mas as câmaras dos caminhoneiros decidiram continuar com o bloqueio de algumas rodovias em Córdoba, Santa Fe e Buenos Aires, para garantir que os produtores suspendam suas medidas, abrindo a possibilidade de diálogo com o governo.

MARINA GUIMARÃES, Agencia Estado

09 de junho de 2008 | 08h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.