BM aumenta para 7,2% previsão de crescimento da China

Economias da China, Estados Unidos e Japão têm tido evolução melhor do que a esperada pelo banco

Efe,

18 de junho de 2009 | 00h51

O Banco Mundial (BM) aumentou para 7,2% sua previsão de crescimento para a China em 2009, nesta quinta-feira, 18. O prognóstico do banco é sete décimos superior ao anterior, divulgado em março.

 

De acordo com o BM, que anunciou estes números em entrevista coletiva, as exportações da China, terceira maior economia mundial, vão cair 10,1% no ano, enquanto as importações descerão 4,7%.

 

A previsão foi anunciada dois dias depois de a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) afirmar que as economias de EUA, China e Japão evoluíram melhor que o previsto nos últimos meses, e é provável que tenham números "que melhorem a projeção original" desse organismo.

 

Os números positivos do BM chegam mesmo depois de a China anunciar a maior queda em maio de 26,4% de suas exportações - um dos principais motores de sua economia.

 

O governo chinês estabeleceu para este ano um crescimento econômico de 8%, necessário segundo os analistas para que o país asiático mantenha sua estabilidade, embora no primeiro trimestre o PIB da China só tenha aumentado 6,1%.

 

Atualizada às 2h10 para acréscimo de informações

Tudo o que sabemos sobre:
Banco MundialprevisõesChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.