BM&F tem lucro ajustado de R$ 85 mi no 1º trimestre

A receita operacional líquida foi de R$ 143,294 milhões, 13,2% maior que a do último trimestre de 2007

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2008 | 20h18

A Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) anunciou hoje que seu lucro líquido contábil foi de R$ 79,942 milhões no primeiro trimestre de 2008. O lucro líquido ajustado totalizou R$ 85,01 milhões. O número foi ajustado em razão de despesa não recorrente de R$ 6,3 milhões correspondente ao processo de integração com a Bovespa Holding e divulgações relacionadas aos selos de qualidade do Programa de Qualificação Operacional (PQO) e da campanha publicitária da BM&F S.A. Também foram excluídas despesas referentes aos serviços de terceiros prestados na reestruturação da área contábil e de controles da BM&F, no valor de R$ 1,2 milhão.A empresa forneceu como base de comparação o quarto trimestre do ano passado. Na comparação com o referido período, o lucro líquido ajustado foi 24,5% maior.A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações, na sigla em inglês) foi de R$ 77,698 milhões. A margem Ebitda, um indicador de rentabilidade (razão entre o Ebitda e a receita líquida) foi de 54,2%. O Ebitda ajustado alcançou R$ 85,163 milhões perfazendo, uma margem de 59,4%. O Ebitda ajustado cresceu 34,7% na comparação com os últimos três meses do ano passado.A receita operacional líquida foi de R$ 143,294 milhões, 13,2% maior que a do último trimestre de 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.