coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

BMW quer eliminar 2,8 mil empregos este ano

Ano passado, montadora alemã cortou nove mil posições; acordo impede demissões forçadas até fim de 2014

da Agência Estado

25 de fevereiro de 2009 | 15h36

A montadora alemã BMW planeja eliminar este ano 2,8 mil empregos de maneira voluntária, depois de ter cortado 9 mil posições no ano passado, informou o periódico Auto, Motor & Sport, citando o principal representante dos trabalhadores do grupo, Manfred Schoch.  Um acordo impede demissões forçadas na BMW até o final de 2014, disse Schoch. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BMWcrise nos EUAcrise internacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.