BNDES anuncia medidas que facilitam crédito para empresas

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Demian Fiocca, anunciou um pacote de medidas para simplificar o crédito a pequenas e médias empresas, que é repassado por outras instituições financeiras. O BNDES vai parar de determinar ao agente financeiro regras de garantias a aceitar ou recusar. Além disso, as garantias podem até ser dispensadas, a critério do repassador. "Hoje o BNDES tem segurança de estabelecer um limite de crédito por banco. Uma vez estabelecido o limite de crédito por banco, o banco é que resolve que garantias pedir", disse.O pacote inclui ainda que a instituição repassadora poderá dispensar burocracia envolvendo registro de veículos com propriedade fiduciária e com garantia de fiança ou aval de pessoas físicas.O BNDES anunciou também que vai parar de exigir dois pedidos formalizados para operações automáticas. A chamada "consulta prévia" fica dispensada, o que na prática reduz o número de pedidos formais para um só. A fixação dos juros de mora passam a ficar a critério dos bancos repassadores.Fiocca lembrou ainda que, por recente mudança no decreto que regula o leasing, agora é possível financiar esse tipo de operação com remuneração pela Taxa de Juro de Longo Prazo (TJLP) com empresas de capital estrangeiro, inclusive bancos de capital estrangeiro, o que era proibido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.