Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BNDES: aporte será discutido na próxima semana

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou hoje que um aporte do governo federal no banco será discutido na próxima semana com o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Ele não quis revelar o valor que está sendo requisitado pelo banco e não confirmou a cifra de R$ 100 bilhões publicada hoje no jornal Valor Econômico. Coutinho disse apenas que o número solicitado pelo BNDES ao governo é "grande" e ainda precisa ser discutido.

DANIELA MILANESE, Agencia Estado

06 de novembro de 2009 | 14h55

"Temos as nossas necessidades para 2010, mas precisamos entender que também há outras demandas para o governo federal." O presidente do BNDES contou que teve uma série de reuniões em Londres e recebeu muitas solicitações de empréstimos, especialmente de fornecedores de equipamentos para a indústria de óleo e gás, um dos setores que mais devem crescer no Brasil nos próximos anos, juntamente com o de infraestrutura.

Segundo ele, o BNDES precisa estar presente em algumas áreas onde o setor privado não teria disponibilidade - caso do financiamento da Transnordestina, citou. "Mas uma medida de sucesso para o Brasil não é que o BNDES fique maior, mas que o mercado se desenvolva mais rápido para dividir a formação de crédito."

Tudo o que sabemos sobre:
BNDESgovernoaporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.