finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BNDES aprova crédito de R$2,46 bilhões para a Braskem

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou limite de crédito para a Braskem no valor de 2,46 bilhões de reais, informou o banco de fomento nesta terça-feira.

REUTERS

25 de outubro de 2011 | 14h19

O montante deverá ser utilizado para financiar parcialmente o plano de investimentos da petroquímica na Bahia, Alagoas, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

"O plano contempla investimentos para o período de 2011 a 2013, no valor global de 4,27 bilhões de reais, com a implantação, ampliação e modernização de ativos, aquisição de máquinas e equipamentos, além de investimentos sociais, ambientais e em tecnologia e inovação", informou o BNDES.

O prazo máximo de utilização do limite de crédito é de 120 meses a partir da contratação.

A Braskem é a maior petroquímica das Américas e possui unidades no Brasil, Estados Unidos e Alemanha, e iniciou a construção de uma unidade no México, em parceria com a Idesa.

As ações da Braskem operavam em queda de 1,68 por cento, a 14,07 reais às 14h14, enquanto o Ibovespa, no mesmo horário, recuava 0,72 por cento.

(Texto de Cesar Bianconi e Patrícia Büll)

Tudo o que sabemos sobre:
PAPELBRASKEMBNDES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.