BNDES aprova financiamento de R$ 407,7 milhões para LLX

Recursos serão usados na compra de equipamentos nacionais para projeto Porto Sudeste

Agência Estado,

29 de dezembro de 2009 | 18h54

A LLX Logística informou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de até R$ 407,7 milhões para a LLX Sudeste Operações Portuárias Ltda, subsidiária da companhia.

 

Os recursos devem ser utilizados para adquirir equipamentos nacionais, como carregadores de navios, empilhadeiras, viradores de vagão e correias transportadoras para o projeto Porto Sudeste. O financiamento foi aprovado no âmbito do Programa de Sustentação do Investimento (BNDES-PSI), com taxas de juros fixas de 4,5% ao ano.

 

O Porto Sudeste, localizado no município de Itaguaí (RJ), está sendo desenvolvido como um terminal portuário privativo de uso misto, com profundidade de 20 metros e retroárea de 52 ha, com capacidade inicial para movimentar 50 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.

 

Segundo a LLX, o porto deverá escoar a produção da MMX Mineração e Metálicos localizadas em Minas Gerais e de outros produtores de minério de diversas áreas do Quadrilátero Ferrífero mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
LLXBNDESfinanciamentoporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.