BNDES aprova financiamento de US$ 220,8 milhões para Embraer

O BNDES aprovou financiamento de US$ 220,8 milhões para a Embraer, em reunião de diretoria na última segunda-feira. Segundo informações do banco estatal, o pedido de financiamento foi feito pela Embraer em setembro do ano passado, e os recursos serão usados para construção de 10 aeronaves EMB 170, que serão exportadas para uso das empresas Lot Air, da Polônia; Alitalia, da Itália; e US Airways, dos Estados Unidos. De acordo com o BNDES, os aviões serão adquiridos pela empresa de leasing GE Capital Aviation Service, da General Eletric, que oferecerá as aeronaves às três companhias aéreas. O banco estatal informa ainda que recomendou à Embraer que aumente o índice de nacionalização de peças e componentes na construção de seus aviões. Um dos desejos do banco é de que os fornecedores da Embraer possam instalar unidades no Brasil, para atender às demandas da companhia brasileira. O BNDES informou ainda que, no ano passado, foram liberados recursos da ordem de US$ 1,8 bilhão para a empresa de aviação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.