J.F. Diório/AE
J.F. Diório/AE

BNDES concede R$ 254 mi para Azul comprar aviões Embraer

Empréstimo é o 1º aprovado em moeda nacional para comprar aviões destinados ao mercado doméstico

Mônica Ciarelli, da Agência Estado,

07 de abril de 2009 | 14h23

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) contratou um financiamento de R$ 254 milhões para a empresa aérea Azul comprar quatro aeronaves fabricadas pela Embraer, sendo uma modelo ERJ-195 e três, modelo ERJ-190. O empréstimo é o primeiro aprovado pelo banco em moeda nacional para a compra de aeronaves destinadas ao mercado doméstico. O crédito aprovado pelo BNDES corresponde a 85% do investimento total. Do total concedido, 50% será financiado diretamente pelo BNDES e outros 50% serão repassados pelo Banco do Brasil.

 

Em nota, o BNDES informou que o "apoio financeiro significa um instrumento de estímulo à aquisição, por companhias aéreas nacionais, de aeronaves fabricadas no Brasil, com financiamento em moeda nacional.

 

Segundo o banco, a Azul pretende aumentar o tamanho do mercado doméstico. Hoje, apenas uma pequena parcela da população viaja de avião com regularidade, e menos de 25% dos maiores aeroportos brasileiros oferecem serviço a jato sem escalas entre eles. A expectativa da empresa, que conta hoje com cerca de 730 empregados, é gerar em torno de 3 mil empregos diretos até 2012, entre pessoal administrativo e operacional, inclusive nos aeroportos e agências.

Tudo o que sabemos sobre:
AviaçãoCréditoBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.