BNDES: desembolsos em 12 meses batem novo recorde

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) atingiram o volume recorde de R$ 93,6 bilhões nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro. O valor representa crescimento de 40% em relação ao mesmo período anterior. As liberações do BNDES vêm batendo recordes consecutivos a cada mês. No ano de 2008, o total desembolsado pelo banco foi o recorde de R$ 92,2 bilhões e, em janeiro, o valor referente a 12 meses subiu para R$ 92,6 bilhões.

ADRIANA CHIARINI, Agencia Estado

25 de março de 2009 | 17h40

Já as aprovações, enquadramentos e consultas cresceram respectivamente 15%, 16% e 18% na comparação com os 12 meses até fevereiro do ano passado, um ritmo bem menor que o de desembolsos. Os valores referentes a essas fases anteriores de tramitação do projeto no BNDES mostram até uma redução na comparação com o período de 12 meses até janeiro deste ano. As aprovações somaram R$ 120,8 bilhões ante R$ 121,5 nos 12 meses até janeiro; os enquadramentos ficaram em R$ 146,2 bilhões nos 12 meses até fevereiro enquanto em janeiro tinham atingido R$ 157 bilhões. As consultas, por sua vez, totalizaram R$ 165,6 bilhões, abaixo dos R$ 169,3 bilhões acumulados nos 12 meses até janeiro, indicando ligeira redução de procura pelos recursos do banco.

A indústria foi o setor que recebeu maior parte dos recursos desembolsados pelo BNDES nos 12 meses até fevereiro. O setor recebeu R$ 39,5 bilhões, equivalentes a 43% do total liberado pela instituição no período. Aos projetos de infraestrutura, foram destinados R$ 35,1 bilhões, 38% do valor desembolsado. As liberações para os dois segmentos cresceram 47% e 33%, respectivamente, em relação aos 12 meses encerrados em fevereiro do ano passado.

Já em relação aos projetos aprovados, infraestrutura ficou com a maior parte, com R$ 51 bilhões, que correspondem a 43% do total de aprovações no período. A cifra é 15% maior que a dos 12 meses anteriores. Para a indústria, também foram aprovados R$ 51 bilhões, o que significa 42% do valor total de aprovações e um aumento de 12% na comparação com igual período anterior.

"As micro, pequenas e médias empresas tiveram, entre março de 2008 e fevereiro de 2009, o melhor desempenho da história do Banco em um período de 12 meses", diz nota do BNDES. Os desembolsos para as empresas desse porte foram de R$ 17,7 bilhões, o que equivale a um crescimento de 38% no período. O número de operações chegou a 89,6 mil, um patamar 43% superior ao do mesmo período anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
créditoBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.