Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BNDES: desembolsos para infra-estrutura crescem 62%

Pela primeira vez na sua história recente, os desembolsos para o setor superaram o valor destinado à indústria

Kelly Lima, da Agência Estado,

27 de fevereiro de 2008 | 16h20

O Bando Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou hoje que, pela primeira vez na sua história recente, os desembolsos para o setor de infra-estrutura superaram o valor destinado à indústria. Nos últimos 12 meses encerrados em janeiro, o Banco desembolsou R$ 25,8 bilhões para infra-estrutura, alta de 62% em relação ao período anterior. O resultado já reflete o impacto dos financiamentos concedidos aos projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que receberam R$ 5 bilhões no período analisado. O apoio ao setor representou 39,9% dos recursos desembolsados pelo banco nos últimos 12 meses, de R$ 64,6 bilhões. De acordo com nota do BNDES, este porcentual revela o "crescimento da importância relativa da infra-estrutura no desempenho do BNDES". Em 2003, por exemplo, infra-estrutura equivalia a 29% das liberações do banco, subiu para 36% em 2004, mas voltou a se retrair, para 31%, em 2006."A tendência é que os desembolsos continuem firmes considerando projetos já em carteira do Banco e em perspectiva para o setor", disse o diretor da Área de Infra-estrutura, Wagner Bittencourt, em nota enviada à imprensa.A performance da infra-estrutura, ainda segundo a nota, refletiu o crescimento, de 102%, das liberações para investimentos em energia elétrica, de R$ 6,5 bilhões. O valor foi equivalente a 10% dos desembolsos do banco nos últimos 12 meses, participação superior aos 7% registrados no mesmo período anterior (de fevereiro de 2006 a janeiro 2007).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.