Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

BNDES e Caixa ampliam capital com ações da Petrobras

Decreto publicado nesta sexta-feira autorizou o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal a promoverem aumentos em seu capital social em 4,5 bilhões de reais e 2,5 bilhões de reais, respectivamente.

REUTERS

27 de agosto de 2010 | 15h55

Ambas as operações serão feitas por meio de transferência de ações ordinárias da Petrobras excedentes à manutenção do controle acionário da União.

A Caixa informou que, com a capitalização, "a carteira de crédito da instituição ganha potencial para dobrar nos próximos anos e alcançar 300 bilhões de reais".

Ainda segundo nota da Caixa, os recursos permitirão ao banco atuar no financiamento ao saneamento e à infraestrutura urbana, visando eventos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, "em ações alinhadas ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2)".

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho disse que a capitalização do banco é uma operação normal que amplia seu patrimônio de referência.

Ele negou, em conversa com jornalistas, que a operação tenha o intuito de fortalecer a participação do BNDES na oferta primária de ações da Petrobras, prevista para setembro.

A efetivação das capitalizações dependerá da aprovação do Conselho de Administração e de pronunciamento do Conselho Fiscal das respectivas instituições. O decreto foi publicado no Diário Oficial da União.

(Por Isabel Versiani e Silvio Cascione)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBNDESCAIXAATUADOIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.