BNDES empresta US$ 770 milhões para Embraer

O presidente do BNDES, Carlos Lessa, informou hoje que a diretoria do banco aprovou na segunda-feira liberação de US$ 770 milhões para a Embraer, divididos em dois programas de financiamento.Ele não quis dar detalhes dos projetos, alegando que amanhã haverá uma entrevista sobre o assunto. Disse apenas que foi criada uma nova estrutura financeira que não provocasse impacto na exposição do BNDES na Embraer, que é grande na opinião do executivo. Ele espera que o banco libere US$ 1 bilhão à companhia até o fim do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.