BNDES já emprestou US$ 350 milhões para exportação

O vice-presidente do BNDES, Isac Zagury, disse nesta sexta-feira que a linha emergencial do banco para exportações já concedeu US$ 350 milhões em financiamentos. O montante equivale a 55% dos R$ 2 bilhões (ou cerca de US$ 640 milhões) do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) liberados pelo banco há pouco mais de 20 dias para compensar a falta de crédito para as vendas externas das empresas.Em média, os financiamentos têm sido de US$ 1,9 milhão, nas 170 operações realizadas. Segundo o banco, os recursos estão sendo liberados cerca de cinco dias após a solicitação. A expectativa é que o total da linha emergencial esteja nas mãos dos exportadores até o fim de outubro.Zagury afirmou acreditar que antes do final do ano o crédito internacional às exportações brasileiras deva se normalizar. "Acho que normalizará logo após as eleições, mesmo que vença um candidato da oposição, porque o novo presidente vai ter que conversar com o mercado e acalmá-lo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.