BNDES lançará nova linha de R$ 1 bilhão para setor sucroalcooleiro

Recursos serão destinados exclusivamente à pesquisa e desenvolvimento agrícolas

Gustavo Porto, Kellen Moraes, José Roberto Gomes e André Magnabosco, da Agência Estado,

27 de junho de 2013 | 15h33

SÃO PAULO - O vice-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Wagner Bittencourt, anunciou nesta quinta-feira, 27, no Ethanol Summit, que a instituição lançará, em parceria com a Agência Brasileira de Inovação (Finep), uma nova linha de fomento para a inovação do setor sucroenergético, com recurso inicial de R$ 1 bilhão e destinado exclusivamente à pesquisa e desenvolvimento agrícolas. A nova linha foi batizada de "Paiss Agrícola" e será semelhante ao Plano de Inovação dos Setores Sucroenergético e Sucroquímico (Paiss), que destinou recursos para a inovação industrial das duas cadeias produtivas.

Segundo o diretor do Departamento de Biocombustíveis do BNDES, Carlos Eduardo Cavalcanti, o Paiss Indústria teve uma demanda de R$ 3,1 bilhões e R$ 2,4 bilhões já foram aprovados. Com isso, o executivo avalia que a demanda e a aprovação de crédito do Paiss Agrícola devem superar o montante de R$ 1 bilhão previsto inicialmente. "As novas rotas de tecnologia de primeira geração chegaram ao limite e as tecnologias de produção precisam mudar de nível no País. Para isso, precisam de incentivo", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
bndesethanol summit

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.