BNDES libera R$ 120 milhões a pequenas hidrelétricas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou hoje aprovação de financiamento de R$ 120,4 milhões para a construção de duas pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) - a Nova Aurora e a Goiandira. O empreendimento é liderado pela Goiás Sul Geração de Energia S/A, que recebeu o crédito do banco. A Nova Aurora terá potência instalada de 21 megawatts (MW) e a Goiandira, de 27 MW. As usinas serão instaladas no rio Veríssimo, no sudeste de Goiás.De acordo com o banco, a Goiás Sul Geração de Energia S/A é uma sociedade de propósito específico, controlada pela Neoenergia e criada com o objetivo exclusivo de construir e operar as PCHs. As obras foram iniciadas em agosto de 2007 e a primeira máquina entrará em operação em julho de 2009 e a segunda em agosto do mesmo ano. A participação do BNDES será de 66,3% do investimento total. Segundo o banco, os dois projetos vão gerar 400 empregos diretos e serão "importantes para a matriz energética brasileira". O BNDES já aprovou este ano 17 operações de PCHs, que somam financiamento de R$ 1,4 bilhão e investimento total de R$ 1,9 bilhão.

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

23 de outubro de 2007 | 12h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.