finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BNDES libera R$ 170 milhões para hidrelétrica no RS

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 170 milhões para a implantação da hidrelétrica Monjolinho. Os recursos foram concedidos à empresa Monel Monjolinho Energética, do grupo Engevix, que atua na prestação de serviços, principalmente em geração hidrelétrica e transmissão de energia elétrica. A usina é localizada no Rio Passo Fundo, bacia hidrográfica do rio Uruguai, entre os municípios de Faxinalzinho e Nonoai, no Rio Grande do Sul.Segundo o banco, a participação do BNDES será de 72% do investimento total do empreendimento. O BNDES esclareceu que foi aprovada também a construção de linha de transmissão associada, além da execução de programa de investimentos sociais. A usina de Monjolinho terá capacidade de gerar 67,14 megawatts (MW). Na fase de construção serão criados 700 empregos diretos e 1.500 indiretos, segundo o banco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.