BNDES: País tem investimentos de R$ 1,214 tri até 2011

Os investimentos mapeados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o período de 2008 a 2011 somam R$ 1,214 trilhão, segundo dados divulgados hoje pelo presidente da instituição, Luciano Coutinho. Segundo ele, isso significa uma aceleração do ritmo dos investimentos em relação ao período de 2007 a 2010, quando o total mapeado pelo banco era de R$ 1,049 trilhão. De acordo com Coutinho, o Brasil está no início de um ciclo de aceleração do investimento e isso garante o crescimento do País, mesmo em um cenário de turbulências externas.O presidente do banco estatal de fomento lembrou que a formação bruta de capital fixo está crescendo há 20 trimestres consecutivos, sendo que em 15 a expansão do investimento tem sido maior do que o Produto Interno Bruto (PIB), o que é considerado positivo pelos economistas. A indústria, segundo o levantamento do BNDES, prevê investimentos de R$ 447 bilhões no período de 2008 a 2011, o que significa uma taxa de crescimento frente ao período de 2003 a 2006 de 12,4% ao ano. A infra-estrutura, por sua vez, soma R$ 231,7 bilhões e taxa de crescimento de 13,2% ao ano. Já a construção residencial responde por R$ 535 bilhões e taxa de crescimento de 10,7% ao ano, conforme o levantamento do BNDES.A taxa média de crescimento dos investimentos totais mapeados pelo BNDES é de 11,8% ao ano nesse período. O BNDES considerou setores que representam cerca de 70% dos investimentos da indústria e 70% da infra-estrutura. Coutinho comentou que existem muitos projetos de infra-estrutura que não estão mapeados pelo BNDES, e que, por isso, o investimento total no período será superior ao mapeado pelo banco, acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.