BNDES promete R$ 2,5 bilhões para micros e exportação

O BNDES informou hoje que terá mais R$ 2,5 bilhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para financiar exportações e pequenas empresas. Segundo comunicado do banco, serão R$ 1,5 bilhão para exportações e R$ 1 bilhão para micro, pequenas e médias empresas. Em nota oficial, o banco estatal disse que a medida contribui "para a geração de superávits na balança comercial, diminuindo a vulnerabilidade externa do País".Segundo o banco, o dinheiro para as exportações será destinado para financiar empresas de qualquer porte, em operações de pré-embarque. O BNDES informa que os recursos "serão limitados a financiamentos de até US$ 8 milhões por empresa ou grupo econômico, a cada 12 meses". A liberação será feita em um prazo médio de dez dias úteis, a contar da data em que o agente financeiro apresentar o pedido de financiamento. A participação do banco será de até 100% do valor da exportação. O prazo para o pagamento do empréstimo será de 6 meses, para operações de pré-embarque de curto prazo, e de até 18 meses, para as demais operações de pré-embarque.No caso dos recursos para as micro e médias empresas, os financiamentos serão realizados nas linhas de crédito já existentes para o segmento, por meio de operações indiretas, com participação dos agentes financeiros. Na avaliação do banco, a maior parte dos recursos será destinada a projetos de implantação e expansão de empresas. Segundo o BNDES, empresas de pequeno porte são aquelas que apresentam, respectivamente, receita operacional bruta anual de até R$ 1,2 milhão (micro); de R$ 1,2 milhão a R$ 10,5 milhões (pequena); e entre R$ 10,5 milhões e R$ 60 milhões (média).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.