BNDES receberá R$ 12,5 bilhões da União, metade do pedido

Capacidade de financiamento da instituição neste ano sobe para R$ 62,5 bi, mais ainda é menor que demanda

Adriana Fernandes, da Agência Estado,

07 de janeiro de 2008 | 11h14

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai receber R$ 12,5 bilhões de crédito da União para ampliar a capacidade do banco de emprestar em 2008. O valor, porém atende apenas parcialmente ao pedido feito pelo presidente do BNDES, Luciano Coutinho, que queria ampliar em R$ 30 bilhões o volume de recursos disponíveis para financiamento este ano.   O orçamento do BNDES para 2008 era de cerca de R$ 50 bilhões, mas a demanda das empresas por financiamento é maior: R$ 80 bilhões. Com o crédito concedido pela União, a capacidade de financiamento da instituição neste ano sobe para R$ 62,5 bilhões, restando um déficit de R$ 17,5 bilhões entre a oferta e a demanda. Entre janeiro e novembro de 2007, os recursos liberados pelo BNDES somavam R$ 56,6 bilhões.   A Medida Provisória 414, que autoriza a União a conceder o crédito ao BNDES, foi publicada nesta segunda-feira, 7, no Diário Oficial da União. As condições financeiras e contratuais serão definidas pelo Ministério da Fazenda. Desde novembro, o BNDES estava discutindo com o Tesouro o mecanismo para ampliar o Orçamento.   De acordo com o texto da MP, o superávit financeiro do Tesouro Nacional existente hoje poderá ser destinado à cobertura do crédito autorizado ao BNDES. O crédito, diz o texto da MP, será concedido "assegurado a equivalência econômica da operação em relação ao custo de captação de longo prazo do Tesouro Nacional". O BNDES poderá recomprar da União, a qualquer momento, os créditos decorrentes de contratos firmados originalmente com base nessa MP.

Mais conteúdo sobre:
BNDESCrédito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.