Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BNDES reduz juros para financiar geração e transmissão de energia

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) reduziu os juros dos empréstimos para os segmentos de geração e transmissão de energia elétrica. Segundo o diretor de Infra-Estrutura do banco estatal de fomento, Wagner Bittencourt, a decisão foi tomada na semana passada. A mudança básica, conforme explicou, foi na troca dos indexadores. Até agora, a instituição usava um mix de taxa de juros, sendo 80% vinculada à variação da TJLP (taxa de juros de longo prazo) e 20% atrelada à variação do título do governo NTN-B - que é indexado ao IPCA. A partir de agora, os financiamentos para geração e transmissão serão 100% vinculados à TJLP, que está em 7,5% ao ano. Além desse custo, o BNDES cobra o chamado spread básico (em torno de 1,5% ao ano) e o spread de risco (que oscila entre 0,8% a 1,18% ao ano). Com isso, nos empréstimos diretos feitos pelo banco (sem agente financeiro), o custo para o setor elétrico ficará em torno de 10% a 10,5% ao ano. Bittencourt estima que a mudança implicará em uma queda de juros para o tomador final em torno de 1,2% ao ano. "O custo financeiro menor vai permitir tarifas menores para geração e transmissão de energia elétrica", acredita. O executivo reiterou que o segmento é prioritário para o BNDES e que a instituição tem atualmente quatro projetos de hidrelétricas em análise. Nos últimos quatro anos, o banco apoiou 118 projetos, sendo 81 de geração, 21 de transmissão, 16 de distribuição. O valor dos investimentos no setor somou R$ 30 bilhões no período, dos quais o BNDES aportou R$ 14,4 bilhões.Os novos projetos de hidrelétricas, que serão leiloados em outubro, vão ampliar a oferta de energia a partir de 2011. Se houver necessidade de reforço de usinas térmicas, para elevar o suprimento de energia em 2009 e 2010, o banco poderá colaborar financiando somente com TJLP os empreendimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.