Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

BNDES retoma parceria com Alemanha para energia eólica

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinou ontem contrato de empréstimo com o Banco de Desenvolvimento da Alemanha (KfW Entwicklungsbank) no valor de US$ 135,58 milhões, para o financiamento de projetos de usinas eólicas a serem implantados no Brasil por empresas privadas brasileiras.

KELLY LIMA, Agencia Estado

27 de março de 2009 | 13h03

Segundo nota do BNDES à imprensa, com essa operação, os dois bancos retomam uma parceria iniciada na década de 1960 e que estava suspensa desde 2000. O novo contrato é o 11º assinado entre os dois bancos. No total, todos os contratos somam US$ 590,48 milhões, a preços corrigidos. O empréstimo anterior, contratado em fevereiro de 2000, atingiu o montante de US$ 150 milhões.

O KfW é um grupo financeiro controlado em 80% pela República Federal da Alemanha e em 20% pelos seus estados federados. Foi criado em 1948 com o objetivo de financiar projetos de reconstrução da economia alemã no pós-guerra. Desde então, o KfW diversificou bastante suas atividades, passando também a financiar investimentos fora da Alemanha. O apoio aos países em desenvolvimento é realizado no âmbito de Cooperação Financeira Oficial promovida pelo Ministério alemão de Cooperação Econômica e do Desenvolvimento (BMZ).

Tudo o que sabemos sobre:
energia eólicaBNDESAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.