Fabio Motta/Estadão/12/05/2017
Fabio Motta/Estadão/12/05/2017

coluna

Carolina Bartunek no E-Investidor: 5 tendências prejudiciais para quem investe em ações

BNDES terá menos dinheiro do PIS/Pasep caso proposta seja aprovada

Banco de fomento terá reduzido de 40% para 28% o repasse de recursos que recebe proveniente do Pis/Pasep

Adriana Fernandes, Idiana Tomazelli e Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

20 de fevereiro de 2019 | 15h26

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) terá reduzido de 40% para 28% os recursos que recebe provenientes do Pis/Pasep. Essa redução dos repasses, que são uma das principais fontes de recursos do banco de fomento, foram incluídas na proposta de reforma da Previdência, divulgada nesta quarta-feira, 20.

Com a medida, essas receitas do PIS/PASEP, vão para a Seguridade Social.

O secretário especial de Previdência Social do Ministério da Economia, Rogério Marinho, minimizou o impacto da medida para o BNDES. “O BNDES já recebe 28% de fato, ele inclusive tem outras possibilidades de se capitalizar”, disse.

Com antecipou o Estadão/Broadcast, a proposta prevê a segregação do Orçamento da seguridade social entre saúde, previdência e assistência. Essa era uma cobrança do Tribunal de Contas da União (TCU).  A medida, segundo o governo, tem como objetivo garantir maior transparência. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.