BNDES vai emprestar R$ 2 bilhões à Telefônica

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 2 bilhões para a Telesp, empresa do grupo Telefônica, que atua na telefonia fixa em São Paulo. Segundo nota do banco estatal de fomento, os recursos serão utilizados em modernização e expansão das redes para a prestação de serviços de comunicação de voz, dados e vídeo. Ainda segundo o BNDES, o empréstimo é um dos mais elevados já liberados para o setor, ficando abaixo dos R$ 2,4 bilhões liberados para a Telemar e R$ 2,1 bilhões para a Brasil Telecom. De acordo com o banco, desde a privatização do setor de telefonia, o BNDES já aprovou R$ 21,6 bilhões de financiamentos para o setor.Os investimentos prevêem o desenvolvimento de novos produtos, informou o BNDES, como TV por assinatura com o serviço de distribuição de sinais de TV e áudio via satélite direto para o assinante (chamada de tecnologia DTH) e em IPTV ''on demand'', que é um serviço de televisão digital disponibilizado ao assinante através da linha telefônica, utilizando a conexão de banda larga (protocolo IP). O banco financiará 100% do valor dos investimentos, segundo a nota.

ALAOR BARBOSA, Agencia Estado

10 de outubro de 2007 | 18h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.