BNDES vai manter dividendos ao Tesouro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não vai aumentar a parcela de dividendos que distribuirá ao longo de 2013 ao Tesouro Nacional por causa da mudança no estatuto do banco de fomento realizada pelo governo no último dia útil de junho. A informação é do secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, que afirmou em entrevista ao Estado que "o BNDES não dará um centavo a mais em dividendos com a mudança no estatuto".

BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2013 | 02h04

Em defesa da estratégia de fortalecimento dos bancos públicos com capitalizações do Tesouro, o secretário avaliou que há uma tentativa de politizar a mudança promovida no estatuto do BNDES, que alterou as regras de pagamento de dividendos. "Se fizermos uma discussão que politize todas as mudanças burocráticas fica uma pauta muito pouco transparente".

Na avaliação de Augustin, a alteração não é relevante. "Enxergar problema nisso é uma forma de tentar descaracterizar, de criar, num momento de mercado mais complexo do ponto de vista do cenário internacional, uma volatilidade. Nós lamentamos, mas é do jogo", afirmou.

"Estamos discutindo aqui se o BNDES pode distribuir o lucro já realizado no ano anterior. A mudança no estatuto do banco refere-se a distribuição dos lucros apurados em 2012, e que ele transferiu em junho de 2013", disse o secretário do Tesouro./ A.F. e J.V.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.