Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BNP Paribas confirma venda de fatia no <BR> Credit Lyonnais

O BNP Paribas SA confirmou que vendeu sua fatia de 16,2% no Credit Lyonnais SA para o Credit Agricole SA, pondo fim a especulações remanescentes de que o BNP poderia lançar uma contra-oferta de última hora pelo sexto maior banco da França. Em breve comunicado, o BNP disse que pediu ao Credit Agricole para trocar todas as suas ações no Credit Lyonnais por dinheiro, registrando um ganho de cerca de 100 milhões de euros. No comunicado, o BNP diz que quer estender a "cooperação técnica" com o Credit Agricole em novas áreas. Os dois bancos franceses atualmente planejam fazer um acordo em serviços de custódia. O anúncio de hoje põe fim a um conflito pelo controle do Credit Lyonnais que começou em novembro, quando o BNP surpreendeu o setor bancário francês ao ficar com uma fatia de 10% no banco colocado em leilão pelo governo francês. O Credit Agricole respondeu aumentando sua própria participação no Credit Agricole e finalmente os dois bancos chegaram a um acordo sobre uma fusão pouco antes do Natal. O BNP Paribas inicialmente havia se recusado a descartar uma contra-oferta pelo Lyonnais, mas no começo deste mês executivos seniores indicaram que estavam propensos a vender suas ações no Credit Lyonnais. A oferta feita pelo Credit Agricole de 56 euros por ação para os acionistas do Credit Lyonnais termina hoje. O Credit Agricole já tem apoio dos atuais acionistas para tomar o controle de cerca de 75% do Credit Lyonnais, mas os resultados finais de sua oferta só serão conhecidos em duas semanas. Em comunicado separado, o Credit Agricole disse que estava satisfeito com o fato de o BNP Paribas ter decidido trocar sua fatia no Credit Agricole por dinheiro. Juntos, o Credit Agricole e o Credit Lyonnais serão uma das maiores instituições financeiras da Europa, com uma participação de 30% do mercado de banco de varejo francês. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.