BNP Paribas prevê queda no lucro do 4o trimstre

O BNP Paribas, maior banco francêslistado, afirmou nesta quarta-feira que projeta uma queda emseu lucro do quarto trimestre em relação ao mesmo período doano anterior, em meio a rumores de que poderia tentar comprar orival Société Générale . O BNP Paribas estima que seu lucro líquido para o quartotrimestre de 2007 caia 41,8 por cento para 1 bilhão de euros(1,48 bilhão de dólares), enquanto seu lucro operacional devecair 7 por cento, para 2,2 bilhões de euros. No quarto trimestre de 2006, o lucro líquido do banco haviasido de 1,719 bilhão de euros e o lucro operacional de 2,398bilhões de euros. Em linha com outros grandes bancos, o BNP Paribas afirmouque o aperto global do crédito afetou seus ganhos. Nestaquarta-feira, o banco suíço UBS reportou prejuízo de 11,5bilhões de dólares. O BNP afirmou que a crise gerou impacto de 309 milhões deeuros em seus custos de risco no período referido. "Apesar da severidade da crise, o BNP Paribas estáprocurando conduzir seu desenvolvimento e consolidar sualiderança", afirmou o presidente-executivo, Baudouin Prot, emcomunicado. O BNP foi citado por operadores em agosto como um dos quecontribuíram para a queda no mercado acionário mundial depoisque o banco francês afirmou que estava congelando três fundosde invesimento na onda da crise de hipotecas de alto risco(subprime) nos Estados Unidos. Na terça-feira houve especulações de que o BNP Paribaspoderia comprar o SocGen, atingido por um escândalo de fraudede um único operador, que levou a um prejuízo de 4,9 bilhões deeuros. Os problemas do SocGen o deixaram vulnerável a aquisições eo governo francês afirmou que o banco deve continuar sobcontrole francês. Isso fez com que aumentassem as especulações de que oSocGen termine sob controle do BNP Paribas, que tentou semsucesso comprar o banco em 1999. O BNP Paribas preferiu não comentar as especulações naterça-feira e não mencionou o SocGen em seu comunicado deresultados de 2007 desta quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.