coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

BNY Mellon tem prejuízo de US$266 mi no 1o trimestre

O BNY Mellon, maior banco de custódia do mundo, divulgou nesta quarta-feira que encerrou o primeiro trimestre com prejuízo líquido de 266 milhões de dólares, pressionado por encargos relacionados a uma disputa tributária com a Receita Federal dos Estados Unidos (IRS).

Reuters

17 de abril de 2013 | 11h44

A instituição havia divulgado em fevereiro encargo de 854 milhões de dólares após decisão de tribunal tributário dos EUA. O resultado do banco no período foi equivalente a uma perda de 0,23 dólar por ação.

No mesmo período de 2012, o BNY Mellon havia divulgado lucro líquido de 619 milhões de dólares, ou 0,52 dólar por ação.

Excluindo o encargo tributário, a instituição teve lucro de 0,50 dólar por ação, num desempenho abaixo da média esperada pelo mercado, de 0,52 dólar, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita totalizou 3,61 bilhões de dólares, queda de 1 por cento sobre um ano antes.

(Por Tim McLaughlin)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBNYMELLONRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.