Boa Vista indica setores mais promissores

Com dois fundos com forte crescimento na classificação da pesquisa de ratings de fundos de ações da Agência Estado/Ibmec, o Boavista Carteira Livre e o Boavista Private (veja mais matérias sobre a pesquisa nos liks abaixo), o Banco Boa Vista dá algumas dicas.O banco rejeita grandes aplicações em empresas do setor de energia, pois ainda não estão claras as regras do novo modelo de privatização. No entanto, as ações ON (ordinárias, com direito a voto) de Petrobrás oferecem boas oportunidade, em função da pulverização que irá acontecer e do lançamento de ADR - "American Depositary Receipts", recibos de ações estrangeiras negociadas nas bolsas norte-americanas - que irão aumentar a liquidez dos papéis. Dentre o setor bancário, o diretor afirmou que tem preferência pelo Itaú. Ele explicou que esse banco deve se beneficiar com a queda no compulsório que esta sendo sinalizada pelo governo.Quanto ao cenário, o banco analisa que o mercado americano entrará numa fase mais estável. Por conta disso, a Bolsa brasileira também deve ficar estável, mas com tendência de alta. No longo prazo, o Boa Vista prevê que o mercado brasileiro esteja ainda mais independente do cenário internacional, pois os fundamentos internos estão muito bons. Segundo o banco, não deve haver destaque para nenhum setor especificamente, mas para as empresas que compõem o Índice Bovespa e possuem maior volume de negócios. Para ele, existem muitas oportunidades baratas na Bolsa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.