BOE pode elevar juros antes do esperado, diz Bean

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) pode começar a elevar a taxa básica de juros mais cedo do que se espera para manter as próximas altas suaves e graduais, declarou o vice-diretor para política monetária Charles Bean, que se aposenta em junho após 14 anos na autoridade monetária inglesa. Em entrevista à BBC, ele afirmou que uma ação tardia coloca o BoE em risco de atuar "atrás da curva" no combate à inflação.

Agencia Estado

25 de maio de 2014 | 11h37

"Há uma necessidade de mover gradualmente porque não teremos certeza do impacto do aperto dado tudo o que está acontecendo na economia", declarou numa entrevista de rádio. "Pode não ocorrer da mesma forma como antes da crise, então isso é um argumento para sermos um pouco cautelosos, caminhando com passos de bebê para evitar erros", acrescentou.

Operadores esperam que o BoE comece a elevar a taxa de juros no início do ano que vem, mas as observações de Bean sugerem que alguns membros do comitê de política monetária da instituição podem ser a favor de antecipar a alta. Bean, porém, se aposenta no próximo mês e outros membros já indicaram que estão contentes com a manutenção das taxas de juros enquanto a inflação continuar controlada e o desemprego estiver alto. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
InglaterraBoE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.