Boeing 747 8F, 2.º maior cargueiro do mundo, deve começar a voar no País

Avião de 76,4 metros de comprimento deve operar a partir da próxima terça por Viracopos

Ricardo Brandt, de O Estado de S.Paulo,

13 de junho de 2013 | 17h12

CAMPINAS - A americana Atlas Air deve começar na próxima terça-feira, 18, a operar um voo regular do 2.º maior avião cargueiro da Boeing em circulação no mundo, o 747-8F, pelo Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. A empresa e a concessionária Aeroportos Brasil, que administra o terminal, aguardam para essa quinta-feira, 14, a publicação pela Agência Nacional de Aviação de Civil (Anac) da homologação do aeroporto para receber os modelos 747-8F.

"Só falta a publicação da homologação. Com ela, vamos começar já na próxima terça-feira a fazer um voo com o 747-8F por Viracopos", afirmou diretor da Atlas Air para o Brasil, Luis Fernando Del Valle. Além da Atlas, a Cargo Lux, que também tem os gigantes da Boeing, já procurou a Aeroportos Brasil para começar a operar com os aviões da categoria F por Campinas. A Atlas vai manter um voo semanal todas asterças por Viracopos.

Será o primeiro aeroporto do Brasil liberado pela Anac para receber o jumbo. No dia 28 de maio, a Atlas fez um pouso-teste com o avião vazio. Foi a primeira vez que a aeronave, com 76,4 metros de comprimento, pousou no país.

Os modelos 747-8 da Boeing dividem com o A-380 da Airbus o título de maiores aviões do mundo com versões também para passageiros. São considerados os mais modernos da categoria. As aeronaves da categoria F devem ter de uma extremidade a outra da asa entre 65m e 80m. O Boeing 747-8F tem 68,5m de envergadura. Em comprimento, é o 2.º maior do mundo: mede 76,4m.

Existem 41 aeronaves como essa voando pelo mundo - 35 cargueiros e 6 de passageiros, chamados de Intercontinental, com capacidade para até 550 passageiros. O modelo de carga tem capacidade para transportar 135 toneladas de carga.

O diretor da Atlas diz que o aeronave tem como principal vantagem a economia. "Transportamos 20% mais carga com ele, com uma economia de 15% de combustível, com 20% menos barulho."

A empresa americana tem sete modelos do 747-8F, uma frota total de 48 aeronaves da Boeing.

Além do aeroporto de Viracopos - maior terminal de cargas do país -, a Atlas aguarda da Anac liberação para usar o jumbo em Brasília, no Rio de Janeiro, em Cabo Frio, Curitiba, Natal, e Petrolina.

O maior de todos. O modelo russo Antonov 225 é o maior cargueiro do mundo. É capaz de transportar até 250 toneladas. Ele esteve no Brasil em 2010, no mês de fevereiro. Veja sua chegada no vídeo abaixo:

Tudo o que sabemos sobre:
boeing 747 8Fjumbo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.