Boeing anuncia lucro acima do previsto

A fabricante de aviões americana Boeing Co. disse que seu lucro caiu 31% no terceiro trimestre, citando despesas com a suspensão na produção dos jatos 757. Mas elevou sua previsão de receita para o ano e manteve a meta para 2004. A estimativa de lucro em 2003 foi reduzida. A companhia disse que obteve lucro líquido de US$ 256 milhões ou US$ 0,32 por ação no trimestre, de US$ 372 milhões ou US$ 0,46 por ação no mesmo período do ano passado. As receitas caíram 3,5%, para US$ 12,24 bilhões no trimestre, de US$ 12,69 bilhões em 2002. Diante do prejuízo de US$ 192 milhões obtidos no segundo trimestre, por conta de despesas de US$ 1,1 bilhão com baixa contábil em suas operações com satélites e lançadores de satélites, a Boeing revisou em baixa sua projeção de lucro em 2003 em US$ 0,05 por ação, para entre US$ 0,90 a US$ 1,00 por ação, excluindo ítens extraordinários. No entanto, elevou sua estimativa de receita em 2003 para US$ 50 bilhões, de US$ 49 bilhões previsto antes. A companhia manteve ainda sua projeção de lucro e receita em 2004. As ações da Boeing operam em alta de 4% na Bolsa de Nova York às 12h33 (de Brasília). As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.