Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Boeing anuncia vôo de jato 787 e ações sobem 7,28% em NY

Segundo fabricante americana, novo modelo deve operar até o fim do ano e primeira entrega sai no fim de 2010

Danielle Chaves, da Agência Estado,

27 de agosto de 2009 | 12h36

A fabricantes de aviões americana Boeing anunciou nesta quinta-feira, 27, que espera realizar o primeiro voo do jato 787 Dreamliner até o fim deste ano e fazer a primeira entrega no quarto trimestre de 2010. A companhia está atualmente reforçando partes do avião de nova geração.

 

O novo cronograma está em linha com as expectativas do mercado e segue-se a recentes relatos de que a Boeing teria concluído sua avaliação sobre as mudanças no design do novo avião. Às 10h15 (horário de Brasília), as ações da companhia subiam 7,28%, para US$ 51,30, no pré-mercado da Bolsa de Nova York.

 

O mais recente adiamento no cronograma do Dreamliner foi anunciado pela Boeing há dois meses, quando a companhia afirmou que o jato não voaria em meados deste ano como planejado por causa da necessidade de reforço em algumas de suas partes.

 

"Os detalhes do design e o plano de implementação estão quase completos e as equipes estão preparando as aeronaves para modificações e testes", afirmou o chairman e executivo-chefe da companhia, Jim McNerney.

 

A Boeing espera ter encargos de US$ 2,5 bilhões no terceiro trimestre, ou US$ 2,21 por ação, conforme reavalia os custos relacionados aos seus três primeiros jatos a serem testados. A Boeing disse que a despesa não terá impacto em seu fluxo de caixa. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.