Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Boeing define líder de parceria com Embraer

O presidente da Embraer Aviação Comercial e vice-presidente executivo da Embraer S.A., John Slattery, foi indicado pela empresa americana

Renata Batista, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2019 | 04h00

RIO - O presidente da Embraer Aviação Comercial e vice-presidente executivo da Embraer S.A., John Slattery, foi indicado nesta quarta-feira, 20, pela Boeing como presidente da parceria entre as gigantes americana e brasileira no segmento de aviação comercial. Resultado da venda de 80% do negócio de jatos de médio porte da Embraer para a Boeing, a empresa terá a brasileira como sócia minoritária.

“Essa joint venture será uma das parcerias mais significativas na indústria de aviação comercial e John é a pessoa certa para liderá-la”, disse Greg Smith, vice-presidente executivo financeiro da Boeing.

Slattery ficará baseado em São José dos Campos (SP). Ele chegou à Embraer em 2011, como vice-presidente sênior responsável pelo financiamento de vendas e gestão de ativos. Foi nomeado presidente da Embraer Aviação Comercial e vice-presidente executivo da Embraer S.A., em 2016.

A indicação ainda está sujeita à nomeação formal pelo conselho de administração da nova companhia, o que deve ocorrer após a conclusão da transação. A joint venture aguarda aprovações junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e outras autoridades reguladoras.

A Embraer receberá US$ 4,2 bilhões da Boeing pelos 80% de sua operação de jatos comerciais. Com 20% do novo negócio, a brasileira terá só um assento consultivo no conselho da nova companhia, sem direito a veto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.