finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Boeing recebe pedidos que superam US$ 120 bilhões

A Boeing recebeu pedidos que superam os US$ 120 bilhões durante a Dubai Airshow. No maior deles, a Emirates Airline fez uma encomenda de US$ 76 bilhões, com a compra de 150 aeronaves 777X e opção de compra de mais 50 jatos do mesmo modelo. Já a Etihad Airways fez uma encomenda de US$ 25,2 bilhões (a preços de tabela), que inclui um pedido firme de 56 aeronaves e a opção de comprar outros 26 aviões, entre 777X e 787 Dreamliner. A Qatar Airways, por sua vez, fez uma encomenda de 50 Boeing 777X, valor de US$ 19 bilhões.

Agencia Estado

17 de novembro de 2013 | 09h33

No caso da Etihad, a empresa informou que iria comprar aeronaves das duas versões do 777X, sendo 17 do modelo 777-9X e oito 777-8X. Além disso, encomendou também mais 30 jatos 787 Dreamliner, o que fará dela a maior operadora deste modelo de aeronave. "Este pedido nos permitirá acelerar nosso crescimento de novo", disse o diretor-presidente da Etihad, James Hogan, a jornalistas.

Somente em encomendas para o novo 777X, a Boeing já recebeu pedidos que somam quase US$ 100 bilhões, de acordo com o diretor presidente da Boeing, James McNerney. Antes das empresas árabes, a Lufthansa já tinha se comprometido a adquirir algumas aeronaves do novo modelo, em setembro.

A fabricante de aeronaves está renovando sua família 777 e promete um jato de longo alcance, de corredor duplo, capaz de transportar entre 350 e 400 passageiros com mais eficiência no consumo de combustível do que a atual família de 777 disponível. O início das entregas da nova versão está previsto para antes do final da década.

As três principais aéreas do Golfo são consideradas clientes cruciais para a 777X e a Boeing projetou o avião para atender às necessidades específicas das companhias, que estão em rápida expansão. Elas exigem jatos projetados para decolar no calor extremo nos meses de verão e com a habilidade para voar longas distâncias. Fonte: Dow Jones Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
Boeingpedidos777X

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.