carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

BOJ mantém juro em 0,1% e melhora visão da economia

O Banco do Japão (BOJ, banco central do país) elevou sua avaliação sobre a economia pela primeira vez desde julho de 2006, ao mesmo tempo em que começam a surgir sinais de que o pico da recessão japonesa ficou para trás, no começo deste ano. O comitê de política monetária do BOJ também decidiu por unanimidade manter a taxa básica de juros ("overnight call loan rate") em 0,10%. A última mudança da taxa ocorreu em dezembro, quando o BOJ a reduziu em 0,20 ponto porcentual.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 02h52

O Escritório do Gabinete do Governo anunciou na quarta-feira que o PIB do Japão encolheu 4% no primeiro trimestre do ano, o que se traduz numa queda anualizada de 15,2%, o pior resultado desde que o governo adotou o atual formato de dados, em 1955. Apesar da redução do PIB, "as exportações e a produção estão começando a se estabilizar num cenário de avanço nos ajustes de estoques, tanto no país como no exterior", disse o banco central, num comunicado.

"O ritmo de deterioração nas condições econômicas deve se amenizar gradualmente", declarou a instituição. Foi uma ligeira mudança em relação ao mês passado, quando o banco central disse que as condições econômicas no Japão haviam "se deteriorado significativamente". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoBOJjuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.