BOJ mantém taxa de juros inalterada em 0,5%

O Comitê de Política Monetária do Banco do Japão (BOJ, o banco central do país) disse nesta sexta-feira que manteve a taxa de juros inalterada em 0,5%, pela oitava reunião consecutiva, devido às incertezas sobre a economia mundial e os preços. A decisão unânime já era largamente esperada pelo mercado. A taxa de juros japonesa é a menor entre o Grupo de Sete Nações.Os analistas esperam que o banco central deixe o núcleo das estimativas econômicas inalterado, reiterando que a economia do Japão está desacelerando devido à alta dos preços da energia e das matérias-primas.O BOJ pode, no entanto, revisar para cima suas estimativas dos preços de bens corporativos depois que o índice de preços para estes produtos subiu 4,7% em maio, em bases anualizadas, a maior alta em 27 anos.Em seu comunicado de maio, o banco central disse que o índice de preços de bens corporativos "tem sido positivo, principalmente por causa da alta dos preços internacionais das commodities". As informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.