BOK mantém taxa de juros em 5% ao ano

O Banco Central da Coréia do Sul (BOK) manteve, nesta sexta-feira, a taxa de juros inalterada em 5%, afirmando que os riscos de um aumento inflacionário ainda pesam mais que os de uma desaceleração econômica. Porém, as preocupações sobre os riscos externos estão aumentando as chances de um corte das taxas nos próximos meses. O BOK disse, em nota, que fixou a taxa de recompra de sete dias em 5%, como a meta de referência anterior da overnight call rate para os empréstimos para bancos comerciais. O banco manteve a meta da overnight call rate em 5% por seis meses seguidos até fevereiro. A nova referência, conhecida como "taxa base", é uma taxa de referência aplicada para transações entre o BOK e as instituições financeiras tal como acordos de recompra.O Comitê de Política Monetária do BOK tem se focado nos riscos de uma desaceleração da economia e um crescimento da inflação. O índice de preços ao consumidor aumentou 3,6% ao ano em fevereiro, ficando acima da meta do banco central pelo terceiro mês consecutivo. O BOK manteve o alvo da meta de inflação entre 2,5% e 3,5% para 2007-2009. As informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.