finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolívia e Brasil adiam reunião sobre nacionalização do gás

A reunião entre o ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, e o ministro de Hidrocarbonetos da Bolívia, Carlos Villegas, que estava marcada para o próximo dia 9, segunda-feira, em La Paz, foi adiada. Segundo comunicado conjunto dos dois ministros divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério de Minas e Energia, o adiamento foi acertado entre os dois governos e tem como objetivo "permitir que a YPFB (estatal boliviana) e a Petrobras disponham do tempo necessário para avançar na avaliação das propostas técnicas bilaterais em andamento".O comunicado não menciona uma nova data para o encontro, mas diz que os dois ministros esperam realizar o encontro "no mais breve prazo possível". Nessa reunião, os dois ministros tratariam do preço do gás boliviano vendido ao Brasil e de outros temas ligados ao decreto supremo do governo de La Paz que nacionalizou as reservas de hidrocarbonetos do País. A nota afirma ainda que a decisão de adiar a reunião "favorecerá o bom encaminhamento das negociações em curso".Veja a íntegra da comunicado conjunto dos ministros:"COMUNICADO CONJUNTO: Reunião de La PazMinistros adiam encontro na BolíviaOs Ministros de Minas e Energia da República Federativa do Brasil e de Hidrocarbonetos e Energia da República da Bolívia acordaram o adiamento da Reunião Ministerial prevista para realizar-se em La Paz, em 9 de outubro próximo, a fim de tratar das questões ligadas à agenda energética bilateral, à luz das novas disposições legais aplicáveis na Bolívia.A decisão visa a permitir que a YPFB e a Petrobras disponham do tempo necessário para avançar na avaliação das propostas técnicas bilaterais em andamento.No espírito de cooperação que sempre tem pautado as relações entre Brasil e Bolívia, as Partes confiam em que essa decisão favorecerá o bom encaminhamento das negociações em curso. Nesse sentido, os dois Ministros estão seguros de que a visita a La Paz de missão brasileira propiciará os resultados buscados nessa questão.Os dois Ministros esperam realizar o encontro acima referido no mais breve prazo possível.SILAS RONDEAUCARLOS VILLEGASBrasília, 5 de outubro de 2006."

Agencia Estado,

05 de outubro de 2006 | 18h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.