Bolsa acelera queda após anúncio do plano de socorro nos EUA

Secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, anunciou ajuda de US$ 1 trilhão para bancos com problemas

Suzi Katzumata, da Agência Estado

10 de fevereiro de 2009 | 14h47

O mercado de ações norte-americano acelerou as perdas nesta terça-feira, 10, com o Dow Jones chegando a cair mais de 300 pontos, depois que o secretário do Tesouro, Timothy Geithner, começou a anunciar os detalhes do plano de socorro  para o setor financeiro.  Veja Também:De olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  Conforme as ações mergulhavam, no mercado de bônus, os preços dos Treasuries subiam, com respectiva queda dos juro. Nos mercados de moedas, o euro e o dólar reagiam em baixa frente ao iene, pressionados pela queda no apetite por risco e declínio das ações. Além disso, o euro virou e passou a cair rapidamente frente ao dólar, recuando para abaixo de US$ 1,30. Geithner disse que vai transferir US$ 1 trilhão de capital do Tesouro para um programa de empréstimo do Federal Reserve e lançar um "amplo programa de habitação". O secretário disse que todas as opões ainda estão sendo exploradas para um programa de avaliação dos ativos, mas que a política deve ser implementada rápido. "O mercado realmente queria ver alguns detalhes sobre a questão dos ativos podres dos balanços dos bancos, que você pode dizer que nos colocou nesta bagunça em primeiro lugar", disse Dustin Reid, diretor de câmbio da RBS Global Banking & Markets.  Às 14h42 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 289 pontos (3,50%), o Nasdaq recuava 49 pontos (3,09%) e o S&P-500 registrava uma queda de 32 pontos (3,72%).  Às 14h43 (de Brasília), o juro projetado pelos T-bonds de 30 anos estava em 3,547%, de 3,676% ontem; o juro das T-notes de 10 anos estava em 2,864%, de 3,009% ontem; o juro das T-notes de 2 anos estava em 0,975%, de 1,019% ontem.  Às 14h43 (de Brasília), o euro estava em US$ 1,2961, de US$ 1,3022 ontem; o iene estava em 90,38 por dólar, de 91,47 por dólar ontem; o euro estava em 117,24 ienes, de 119,16 ienes ontem. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.