Bolsa acompanha mercado dos EUA e cai; dólar sobe

O mercado desta quarta-feira apontou queda da Bolsa de Valores de São Paulo e pela alta do dólar. O Ibovespa (que mede as ações mais negociadas da bolsa) fechou em baixa de 0,89%, com 36.229 pontos. A moeda norte-americana, por sua vez, ficou cotada a R$ 2,197 (+0,60%) na roda da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F). O Ibovespa operou entre a máxima de 36.747 pontos (+0,53%) e a mínima de 36.189 pontos (-1%). Com esse resultado, a bolsa passou a acumular baixa de 1,09% em julho e alta de 8,29% em 2006. O movimento financeiro, mais uma vez, foi fraco e registrou R$ 1,738 bilhão. No mercado de juros futuros da BM&F, o contrato de DI de janeiro de 2008, um dos mais negociados, também encerrou a sessão com taxa mais alta de 14,87% ante 14,81% ontem. Há pouco, o Ibovespa estava em queda de 0,60%, em 36.335 pontos. A bolsa paulista acompanhou a queda das bolsas norte-americanas. Lá fora, os investidores temem que os balanços das empresas venham com números modestos e indiquem redução no desempenho futuro das companhias. Aqui, as perspectivas para a economia brasileira são favoráveis. Mas, na ausência de dinheiro novo para impulsionar os negócios, a Bovespa acaba seguindo Nova York.Entre os papéis que compõem o Ibovespa, as maiores altas foram Perdigão ON (+4,88%), Sadia PN (+3,72%) e VCP PN (+2,06%). As maiores baixas foram Transmissão Paulista PN (-4,72%), Braskem PNA (-4,66%) e BRT PN (-3,84%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.